Pílulas

valentines_day_65
Dias do Namorados está chegando, estou um tanto carente, então nada melhor do que se jogar nas comédias românticas. Essa semana vi duas que deixei passar nos cinemas. A primeira é bem fraca: Idas e Vindas do Amor. Dirigida sem a menor empolgação por Garry Marshall (“Uma Linda Mulher”), o filme traz uma penca de belos rostos conhecidos fazendo absolutamente nada.


Crente que poderia salvar seu filme apenas pelo carisma do elenco, que traz de Julia Roberts a Queen Latifah, Ashton Kutcher a Patrick Dempsey, Marshall não foge dos clichês do gênero e entrega um filme insosso e que nunca decola. O longa tenta, na verdade sem muito sucesso, emular o ótimo Simplesmente Amor e o já fraquinho Ele não está tão a fim de você. Nem o “casal gay” formado pelo Bradley Cooper e Eric Dane me animou.


Meryl Streep rocks!
it-s-complicated-8
Simplesmente Complicado é tudo de bom. Me arrependi de não tê-lo visto no cinema. Na verdade, vi o filme sem esperar muito coisa, mas me entreguei. Mesmo apelando para fórmulas, clichês e, às vezes, escorregando no piegas, o filme é uma delícia, graças, principalmente, ao trio de protagonistas. Meryl Streep, Alec Baldwin e Steven Martin compõem personagens adoráveis e estão se divertindo horrores.


Meryl dá uma show como uma mulher que nem se lembra mais o que é sexo e acaba se envolvendo com dois homens ao mesmo tempo: o incrivelmente barrigudo ex-marido (Baldwin, inspiradíssimo) e um arquiteto ainda traumatizado pelo divórcio (Martin bem mais contido do que de costume). A atriz está bem melhor do que em “Julie & Julia”, produção pela qual foi indicado ao Oscar.


Com esse trio como carta na manga, a diretora Nancy Meyers tem muito pouco a fazer e entrega um longa redondinho, entretenimento puro, desses que flui que é uma beleza (ainda que o filme seja um pouco mais longo do que deveria). Acusada de elitista (seus personagens estão sempre envoltos em ambientes que exalam riqueza) e conservadora, Meyers filma com delicadeza e “Simplemente Complicado” se revela uma comédia romântica madura e bem acima da média.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s