Evereste

Everest

Sim, é um grande clichê dizer isso, mas Evereste é um desses filmes que só Hollywood consegue fazer. Inspirado em uma história real que conta a trajetória de um grupo de alpinistas que tenta chegar ao pico da montanha mais alta do mundo, o longa é tenso, envolvente, fascinante e muito, muito bem realizado.

De modo geral, a produção não foge da estrutura de um filme catástrofe. Somos apresentados aos personagens, conhecemos seus dramas e histórias para logo em seguida acompanharmos a tragédia que se abaterá sobre eles. Outros elementos também seguem a fórmula do gênero: efeitos especiais impressionantes, cenas de ação espetaculares e um grande elenco eclético e cheio de rostos conhecidos (por mais que muita gente não leve esse tipo de filme a sério, não são poucos os exemplos do gênero que conseguem atrair uma constelação de estrelas para estampar seu cartaz: “Contágio”, “Impacto Profundo”  e “Godzilla”, só para citar alguns mais recentes).

Mas se a fórmula de “Evereste” é bastante familiar, o longa consegue se destacar de exemplares similares graças ao realismo com que é filmado. O diretor islandês Baltasar Kormákur não mede esforços para criar uma encenação épica e grandiosa para mostrar as muitas dificuldades enfrentadas pelos alpinistas para chegar ao cume do Evereste. Revezando grandes planos que funcionam para representar o impossível da “missão” com closes que mostram ora a alegria, a dor e o desespero dos alpinistas, o cineasta coloca o público no meio da empreitada (infelizmente, vi o filme em 2D, mas em 3D e Imax deve se ainda mais impressionante).

Aliado à técnica, “Evereste” ainda ganha pontos ao funcionar como um verdadeiro desfile de bons atores. Mesmo que vários deles não tenham muito espaço e funcionem mais como coadjuvantes de luxo (Keira Knightley, Robin Wright, Jake Gyllenhaal, Sam Worthington, John Hawkes, Elizabeth Debicki), Jason Clarke, Josh Brolin e Emily Watson conseguem emprestar dignidade a personagem que deram a vida em busca de um sonho quase impossível e que não passa de loucura para muita gente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s