A Tragédia de Macbeth

Com seu inglês arcaico e verniz poético, o texto de William Shakespeare não é para os fracos. Mas isso não impede de os cineastas continuarem adaptando para o cinema as obras do bardo inglês sempre mantendo as falas originais do autor. Esse é o principal problema de “A Tragédia de Macbeth“, já que os personagens seguem proferindo o tradicional textão incompreensível do dramaturgo. 

Acompanhe Esse Filme que Passou Foi Bom também no Instagram

Para a sorte do espectador, o roteirista e cineasta Joel Coen (aqui trabalhando sem a habitual parceria do irmão Ethan) transforma “A Tragédia de Macbeth” em uma experiência visual belíssima, com as imagens quase expressionistas valendo mais do que mil palavras. 

Com uma fotografia em preto & branco mais preto & branco possível e grandes cenários imponentes, Coen consegue balancear o tom afetado, dramático e teatral com uma encenação que é puro cinema. Enquanto Denzel Washington, Frances McDormand (aqui quase coadjuvante da tragédia, ao invés de catalisadora da trama) e o resto do ótimo empostam a voz, Joel Coen carrega no brilho e nas sombras e cria verdadeiras pinturas que emolduram a trama que envolve guerra, sede de poder, traição, loucura e mortes. 

Além da exuberância estética, “A Tragédia de Macbeth” também ganha pontos com uma edição mais enxuta. Ainda que o longa comece lento e perdido em meio às falas codificadas de Shakespeare, o filme ganha força e mais agilidade à medida em que a trama vai se desenvolvendo e ficando mais clara. 

Para saber onde ver os filmes, pesquise no JustWatch

Pouco mais de cinco anos depois do também exuberante “Macbeth” de Justin Kurzel (com os belos Michael Fassbender e Marion Cotillard nos papéis principais), a história, que gira em torno do trono escocês, ganha mais uma releitura visionária, com destaque aqui para as três bruxas vividas de forma performática por uma impressionante Kathryn Hunter.

Leia também:
Ataque dos Cães
Casa Gucci
Não olhe para cima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s