Scenes from a Marriage

Mira e Jonathan estão casados há mais de 10 anos. Eles têm uma filha pequena e vivem uma situação peculiar, ela ganha mais do que ele e ele acaba tendo que cuidar mais da filha por causa das viagens dela. Sabemos de tudo isso logo no início de “Scenes from a Marriage”, quando os dois participam de uma entrevista que servirá de base para o doutorado de uma colega de Jonathan.

A cena da entrevista é uma das poucas da minissérie da HBO em que Mira e Jonathan, vividos pelos ótimos Jessica Chastain e Oscar Isaac, interagem com outros personagens. Com uma encenação um tanto teatral, “Scenes from a Marriage” é uma colagem de longas conversas e discussões entre os dois sobre casamento e relacionamentos.

Acompanhe Esse Filme que Passou Foi Bom também no Instagram

Baseada em uma minissérie (que não vi) do lendário cineasta sueco Ingmar Bergman, “Scenes from a Marriage” é dirigida, escrita e produzida por Hagai Levi, responsável pelas séries “BeTipul” e roteirista de sua versão estadunidense “Em Terapia”, além de “The Affair”, também focada em relacionamentos. Levi parece ser o diretor ideal para conduzir a minissérie, já que ela segue caminho similar a “Em Terapia”, com poucos atores em cena e com diálogos e mais diálogos conduzindo a história.

A estratégia, no entanto, pode afastar parte do público. Da verborragia à encenação quase claustrofóbica, passando pelos saltos temporais que deixam várias coisas não ditas e ações não reveladas, tudo no roteiro foge de uma condução mais convencional da trama em que tudo é detalhado e mastigado.

Tirando o primeiro e último episódio, que trazem diferentes cenas em que o casal interagem com outras pessoas, os outros focam em situações específicas do casal que resultam em longas conversas que vão da ternura a brigas em instantes. O resultado é duro e devastador, porque, às vezes, os personagens dizem e agem de forma cruel apenas para ferir o companheiro.

Diante desse jogo de cena de acusações, desabafos, choros, traições, medo e luto, “Scenes from a Marriage” mostra um relacionamento complexo e difícil, sem oferecer respostas e soluções fáceis e fugindo da representação mais esquemática que estamos acostumados a ver no cinema (a minissérie me lembrou um pouco “Marriage Story”, com Adam Driver e Scarlet Johansson).

Sorte do público que Hagai Levi tenha em mãos dois atores comprometidos com a minissérie, conduzindo com delicadeza e naturalidade as cenas e destruindo o espectador no processo. Jessica Chastain e Oscar Isaac se entregam aos personagens e conseguem mostrar a paixão, a raiva, o ódio e o amor que Mira e Jonathan sentem um pelo outro de forma quase doentia. Do choro de Chastain ao olhar de decepção de Isaac, “Scenes from a Marriage” pertence aos dois.

Além de um certo formalismo que distancia um pouco do espectador dessa história de amor e ódio, “Scenes from a Marriage” perde um pouco de verdade por causa de cenas de bastidores mostradas no início e final dos episódios. As imagens existem basicamente para mostrar como a produção seguiu os protocolos sanitários e de segurança durante as filmagens em pleno momento de pandemia, mas elas acabam afastando o espectador da trama ao mostrar o jogo da encenação. Mas é apenas um pequeno porém que talvez não incomode o público em geral da forma que me incomodou.

Leia também:
Nove Desconhecidos
The White Lotus
À Beira do Caos
Sex/Life
Mare of Easttwon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s