Natalie Portman: 40 anos em 4 filmes

Hollywood está cheia de crianças que ganharam fama e não conseguiram se manter sob os holofotes quando adultas. Para a nossa sorte, Natalie Portman não é uma delas. A atriz chamou a atenção aos 12 anos fazendo um papel difícil no violento “O Profissional”, filme dirigido por Luc Besson.

Logo em seguida, Portman engataria uma série de papéis pequenos em produções de cineastas consagrados, de Woody Allen (“Todos Dizem Eu te Amo”) a Michael Mann (“Fogo contra Fogo”), de Tim Burton (“Marte Ataca!”) a Anthony Minghella (“Cold Mountain”).

Leia também: Aniquilação

Se revezando entre papéis menores em filmes conceituados e dramas sem grande repercussão (“Em Qualquer Lugar” e “Onde mora o coração”), Portman teve sua grande chance nos novos episódios da saga Star Wars, mas só foi mesmo em “Closer – Perto Demais”, que a atriz provou sua versatilidade, mostrando um lado mais adulto e sensual.

Ela havia crescido e, de quebra, levou sua primeira indicação ao Oscar pelo papel de uma dançarina que usa a independência e a sedução para esconder suas fragilidades. Hollywood percebeu o potencial de Natalie Portman, e a atriz começou a conquistar papéis maiores em dramas adultos como “V de Vingança”, “Entre Irmãos”, “A Outra” e “O Beijo Roubado”, trabalhando com nomes como Wes Anderson, Milos Forman, Wong Kar-Wai e Jim Sheridan, até tirar a sorte grande e levar o Oscar por sua atuação icônica no elogiado “Cisne Negro”.

Leia também: Sexo sem compromisso

Depois do Oscar, a carreira da atriz se dividiu entre grandes produções (“Thor”), comédias românticas inofensivas (“Sexo sem Compromisso”) e dramas ambiciosos que morreram na praia (“Vox Lux: O Preço da Fama” e “The Death and Life of John F. Donovan”, de jovens diretores como Brady Corbet e Xavier Dolan).

Ainda que a atriz tenha tido poucos sucessos nos últimos anos, caso de “Jackie”, que lhe rendeu uma terceira indicação ao Oscar, Natalie Portman já provou o seu talento e é sempre uma das melhores coisas dos filmes que estrela, mesmo que estes sejam mal recebidos pela crítica, caso de “Em Busca da Justiça” e “Lucy in the Sky”.

Atriz consagrada, Natalie Portman se aventurou pela cadeira de diretora (no drama “De Amor e Trevas”) e assumiu um papel de ativista na vida real, principalmente das causas feministas. Com vários projetos na agulha (inclusive uma nova continuação de “Thor”), Portman chega aos 40 anos já bem longe da imagem de atriz-mirim que a fez conquistar Hollywood e o mundo do cinema.

Leia também: Cisne Negro

Eis os meus quatro filmes preferidos da atriz:

O Profissional (1994) – Luc Besson exagera na violência enquanto Gary Oldman vive um assassino caricato nesse filme francês que apresentou Natalie Portman ao mundo. Com apenas 12 anos e total domínio da tela, a atriz vive uma menina que é jurada de morte após testemunhar o assassinato da família.

Closer – Perto Demais (2004) – Essa adaptação de uma peça teatral começa com a câmera acompanhando a personagem de Portman ao som de “The Blower’s Daughter”, de Damien Rice. Assim como o cantor, que fala que não consegue tirar os olhos “dela”, o público se encanta com a atriz mostrando uma versatilidade e sensualidade até então inéditas na carreira de Natalie Portman. Ela vive uma dançarina que usa da independência para esconder suas fragilidades, ofuscando todo o elenco, de Julia Roberts, a Jude Law e Clive Owen.

Cisne Negro (2010) – Natalie Portman ganhou, merecidamente, o Oscar de melhor atriz em uma de suas atuações mais icônicas. Ela vive uma bailarina frágil que sucumbe à pressão ao assumir o principal papel de sua vida. Dirigida com vontade por Darren Aronofsky, que capricha na estética, o longa é uma mistura de filme de terror com drama psicológico.

Jackie (2016) – Natalie Portman incorpora Jackie Kennedy nessa cinebiografia nada convencional que acompanha o luto da primeira-dama logo após o assassinato do presidente Kennedy. Mais uma vez indicada ao Oscar, a atriz emula a voz e capricha na atuação, enquanto o cineasta chinelo Pablo Larraín desvia sua câmera da obviedade.

Leia também:
Ewan McGregor: 50 anos em 5 filmes
Julianne Moore: 60 anos em 6 filmes
Tilda Swinton: 60 anos em 6 filmes
Ryan Gosling: 40 anos em 4 filmes
Matt Damon: 50 anos em 5 filmes
Ethan Hawke: 50 anos em 5 filmes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s